Geoprocessamento e Recursos Hídricos

O geoprocessamento é o processamento informatizado de dados georreferenciados. Utiliza programas de computador que permitem o uso de informações cartográficas (mapas, cartas topográficas e plantas) e informações a que se possa associar coordenadas desses mapas, cartas ou plantas.

As ferramentas computacionais para Geoprocessamento, são chamadas de Sistemas de Informação Geográfica GIS – sigla em Inglês para SIG – elas permitem realizar análises complexas, ao integrar dados de diversas fontes e ao criar bancos de dados geo-referenciados. Tornam ainda possível automatizar a produção de documentos cartográficos.
Sendo possível gerar um SIG a partir de qualquer armazenamento de informações com mapas, o campo de aplicações para um Sistema de Informação Geográfica se torna infinito.

A complexidade dos processos na gestão de recursos hídricos, aliada à necessidade de trabalhar-se com muitos dados, faz do SIG uma ferramenta essencial no gerenciamento dos recursos hídricos, área que requer uma integração perfeita entre dados dos mais variados tipos (físicos, cartográficos, hidrológicos, econômicos etc.), além de uma série de manipulações entre dados e modelos, com vistas a atender às mais diversas análises.

2 comentários em “Geoprocessamento e Recursos Hídricos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *