Controle do uso e ocupação do solo

Princípios para o controle do uso e ocupação do solo de modo a se evitar erosão:

Deve ser feita a definição de usos do solo em função das características ambientais do terreno, estabelecendo-se atividades que resultem em menor remoção da cobertura vegetal e em menos alterações nas características topográficas e do solo, principalmente para os locais sujeitos à erosão.

Deve ser feita a adoção de taxas de ocupação baixas (ou nulas) para áreas como as encostas, margens de recursos hídricos e mananciais, dunas e locais com solos mais erodíveis. De forma a garantir um maior percentual da superfície como áreas livres, permeáveis e com vegetação.

Deve ser feita a proteção e preservação dos caminhos naturais de escoamento das águas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *