Bolsa de Resíduos Industriais

Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI) (2007), converter resíduos em matérias-primas pode gerar inúmeras oportunidades de negócios e empregos para a indústria. Intuitivamente essa opção parece ser a melhor destinação para os resíduos, pois é uma alternativa muito boa dentro da visão econômica e ambiental.

A proposta da “Bolsa de Resíduos Industriais” surge com a finalidade de minimizar os resíduos decorrentes das atividades produtivas, a partir do fomento de um processo de livre negociação entre demandantes e ofertantes de resíduos, tendo como foco a reutilização e/ou reciclagem, que possibilita agregar valor aos resíduos, transformando-os em matérias-primas ou insumo na fabricação de outros produtos (OLIVEIRA, 2006).

Resumindo, a ideia é utilizar o resíduo industrial de uma empresa como insumo de outra, o que é benéfico para a empresa que vende, já que estará reduzindo o volume de seus resíduos, e aumentando seus lucros com a venda dos mesmos. A empresa que compra economiza, pois consegue sua matéria-prima com preço reduzido. E por fim, o meio ambiente é poupado, pois será necessária uma menor área para a disposição final e haverá menos impactos advindos das atividades de extração de recursos naturais.

Vários são os benefícios da “Bolsa de Resíduos”, os quais justificam sua implantação, tais como:

  • Redução dos desperdícios por meio da máxima utilização dos materiais;
  • Preservação e melhoria do meio ambiente;
  • Incentivo a implantação de gerenciamento de resíduos;
  • Possibilidade de geração de receita direta;
  • Redução de custos diretos relacionados ao manuseio, armazenamento, transporte e destinação final;
  • Incentivo à instalação de novas indústrias para aproveitamento e beneficiamento dos resíduos industriais;
  • Indução ao desenvolvimento de novas tecnologias para reaproveitamento e utilização dos resíduos industriais;
  • Minimização de medidas punitivas por parte dos órgãos fiscalizadores;
  • Redução de passivos ambientais (FONSECA, 2002).

FONTE:  ESTUDO DA VIABILIDADE DA IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE BOLSA DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS NO MUNICÍPIO DE CAMPO GRANDE – MS por Daniel de Castro Jorge Silva – Trabalho de Conclusão de Curso submetido ao Curso de Graduação em Engenharia Ambiental da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – 2008

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *