Categorias
Consumo Consciente Resíduos Sólidos

Reciclagem de Garrafas PET

A grande quantidade de lixo acumulado em lixões e aterros e disposto erroneamente em locais inapropriados gera inúmeros problemas para a cidade, para a população e para o meio ambiente. Exemplos de materiais que mais persiste no solo (por não ser muito degradável) e que é amplamente consumido no mercado atual são produtos à base de um plástico chamado politereftalato de etileno, também conhecido como produtos PET, usado principalmente na confecção de garrafas de refrigerante, água, óleo entre outros.
Os plásticos PET são poucos perecíveis e muito utilizados hoje em dia, sem dizer que sua produção é altamente poluidora por ser um derivado do petróleo e liberar gases tóxicos e intensificadores do efeito estufa, tornando-os grandes inimigos do meio ambiente. Além dos prejuízos causados em suas produções e no consumo do petróleo (que é um combustível fóssil usado constantemente por vários tipos de indústria e esgotável) e de energia usada na indústria, as garrafas PET impermeabilizam camadas de lixo, tornando mais difícil os processos de degradação e decomposição por bactérias e outros micro-organismos e acumulando cada vez mais lixo. Então, a necessidade cada vez mais emergente de reciclar esses produtos é real e imediata.
Com tantos malefícios trazidos pelo despejo de garrafas PET, há também grandes benefícios com sua reciclagem, que é relativamente fácil de se realizar e existem diversos usos para esse material reciclado, como na indústria têxtil (na fabricação de camisas), em móveis e utensílios domésticos, como abajures, porta lápis, vasos de plantas, porta guardanapos, artesanatos em geral e outros usos sustentáveis, como aquecedores solares de baixo custo, utilizando garrafas PET, iluminação à luz solar, coletores de água da chuva.
Tendo em vista o baixo grau de degradabilidade, os altos índices poluidores, a facilidade e os inúmeros usos e benefícios da reciclagem desse material torna-se imprescindível sua reutilização e reciclagem. Para diminuir a quantidade de produtos à base de PET nos aterros e lixões e o consumo desses produtos, sem dizer no alto grau de reaproveitamento desses materiais, a melhor solução encontrada é a reciclagem, pois é extremamente eficiente em todos os fatores.